Menu
Sábado, 23 de fevereiro de 2019
24º min
35º min

10/12/2018 às 21h38

Apenas metade dos inscritos no Mais Médicos se apresentou


R7

Inscrições foram abertas após saída de Cuba do programa Ueslei Marcelino/Reuters

Faltando quatro dias para o fim do prazo de apresentação, apenas 53% dos profissionais inscritos no Mais Médicos haviam comparecido aos postos de trabalho até as 11h desta segunda-feira (10).
Segundo o Ministério da Saúde, dos 8.411 profissionais selecionados, 4.507 haviam se apresentado nas cidades escolhidas para atuar. O prazo final é na sexta-feira (14).

O início da data em que cada médico começará a trabalhar deve ser definido pelos gestores locais.

O levantamento ainda aponta que 106 vagas em 29 localidades ainda não foram preenchidas. Por isso, as inscrições continuam abertas.
"No dia 17 de dezembro será feito um balanço das vagas disponíveis, o que soma as desistências e as aquelas que não tiveram procura. Então, os profissionais com registro no país (CRM) terão nova chance para se inscrever no programa e escolher os municípios disponíveis nos dias 18 e 19 de dezembro", diz o ministério em nota.

A pasta afirma que "os participantes possuem autonomia em assumir ou não a vaga selecionada" e diz que vai continuar recrutando interessados até que todas as posições sejam preenchidas.

Inicia-se amanhã a etapa de inscrição de profissionais brasileiros e estrangeiros formados no exterior. O governo exigirá 17 documentos, incluindo o reconhecimento da instituição de ensino pela representação do país onde os profissionais obtiveram a formação.

O governo federal abriu o edital para o preenchimento de 8.517 vagas que estão sendo deixadas por profissionais cubanos, depois que o país desistiu de permanecer no programa.



<