Menu
Domingo, 18 de novembro de 2018
24º min
35º min

13/09/2018 às 06h35

Flamengo para na retranca do Corinthians e fica no empate no Maracanã


ESPN

Uribe cabeceia a bola pelo alto durante Flamengo x Corinthians pela semifinal da Copa do Brasil Gazeta Press

O Flamengo dominou a posse de bola, fez o jogo todo ocorrer em seu campo de ataque e criou chances. Porém, a equipe não conseguiu superar a bem armada retranca do Corinthians, e o duelo de ida da semifinal da Copa do Brasil acabou sem gols, para a frustração da maior parte da torcida presente no Maracanã. O placar do clássico nacional terminou em 0 x 0, como não acontecia havia 14 anos.

Para a partida, Jair Ventura optou por uma escalação mais defensiva, com três volantes (Ralf, Gabriel e Douglas), deixando nomes como Pedrinho e Jonatas no banco e apostando em uma estratégia que surtiu efeito.

Já o Flamengo, contando com Lucas Paquetá e Cuéllar - que atuaram por suas seleções há 24 horas –, tomou a iniciativa e atacou o jogo inteiro, mas não foi suficiente para superar a defesa adversária.

O confronto de volta, na Arena Corinthians, ocorrerá em 26 de setembro (quarta-feira), às 21h45 (de Brasília). Como o gol fora de casa não é um critério de desempate, uma nova igualdade levará a decisão aos pênaltis.

Agora, as duas equipes voltarão a campo no final de semana pelo Campeonato Brasileiro. No sábado, o Flamengo fará clássico com o Vasco em Brasília, às 19h (de Brasília). Um dia depois, o Corinthians receberá o Sport, também às 19h.

O jogo

Em meio a um domínio territorial dos mandantes, o primeiro lance de perigo saiu aos 12min, com uma finalização de Vitinho à direita do alvo. A equipe visitante, que mal passava o campo de ataque, respondeu aos 23min. Paquetá errou, Clayson disparou com liberdade e chutou na rede pelo lado de fora, no momento em que dois companheiros apareciam na área. Dois minutos depois, o atacante fez bela jogada, Douglas recebeu na área e mandou à esquerda da meta.

Os sustos acordaram o Flamengo, que pressionou um Corinthians bem postado defensivamente. Lucas Paquetá assustou três vezes – com duas conclusões para fora do alvo e outra exigindo boa defesa de Cássio. Réver, em cabeceio após cobrança de escanteio, também obrigou o arqueiro a trabalhar bem. Antes do intervalo, Vitinho cruzou, e Uribe não conseguiu completar para a rede.

Apesar do domínio territorial e do 8 x 2 nas finalizações (4 x 0 no alvo), o time carioca não conseguiu tirar o zero do placar antes do intervalo.

Na volta para a etapa final, o cenário seguiu o mesmo. Os donos da casa ficavam praticamente inteiros no campo de ataque, enquanto que os alvinegros se defendiam – e muito bem.

Os cariocas só assustaram aos 16min, com chute de fora da área de Diego, que Cássio defendeu. Aos 24min, Paquetá arrematou da meia-lua, e o goleiro adversário encaixou.

Na sequência do confronto, o time carioca viu o poder de finalização ser muito mais discreto do que na etapa inicial. Assim, apesar dos 73% da posse de bola e do 16 x 2 nas finalizações, o time da casa não conseguiu superar a eficiente defesa corintiana.

FICHA TÉCNICA:
FLAMENGO 0 X 0 CORINTHIANS

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 12 de setembro de 2018 (Quarta-feira)
Horário: 21h45(de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (Fifa-SC) e Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG)
Cartões amarelos: Douglas (Corinthians)

FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuéllar, Everton Ribeiro, Lucas Paquetá (Willian Arão), Diego e Vitinho (Lincoln); Uribe (Henrique Dourado). Técnico: Maurício Barbieri

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (Paulo Roberto), Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Gabriel (Araos) e Douglas; Jadson, Romero e Clayson (Mateus Vital). Técnico: Jair Ventura



<